sexta-feira, 7 de julho de 2017

Sobe número de deputados cearenses a favor de denúncia contra Temer



Para que um processo contra o presidente seja autorizado são necessários, pelo menos, 342 votos



19:11 · 06.07.2017 / atualizado às 19:32 por Diário do Nordeste / Estadão Conteúdo

"Para mim, o melhor é o retorno da confiança no País", declarou o presidente - Foto: Beto Barata / PR
Enquanto o governo busca votos contrários à admissibilidade da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), contra o presidente Michel Temer (PMDB), por corrupção passiva; sobe o número de deputados cearenses que são favoráveis à denúncia.

Levantamento feito pelo Diário do Nordeste mostra que dos 22 deputados federais cearenses, oito são a favor, um é contra, enquanto há cinco indecisos; outros cinco não quiseram responder e três não atenderam nossa equipe.

Para que um processo contra o presidente seja autorizado, são necessários, pelo menos, 342 votos do total de 513 parlamentares.

Pedras no caminho

Em viagem para o G-20, o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou que esta semana foi "produtiva" e de "boas novas" para os brasileiros. Em meio às articulações para se defender da denúncia, o peemedebista afirmou que não está ocupado apenas com as "pedras no caminho", mas que está fazendo a "tarefa de casa" e "seguindo na luta".

Durante vídeo divulgado nas redes sociais, Temer destacou diversos indicadores econômicos que foram divulgados nesta semana para dizer que o governo está cumprindo a "travessia" e que o País está em recuperação econômica.

"A recuperação é inequívoca, o câmbio é competitivo, o Brasil é competitivo. Podem ter certeza, não estamos ocupados somente com as pedras no caminho. Estamos fazendo a tarefa de casa. Estamos fazendo a travessia", disse o presidente.

Ao comentar a viagem para a Alemanha, Temer destacou que vai se reunir com os presidentes do Brics e do G-20. "Viajo para fazer o que tenho feito durante todo meu governo: defender a abertura de novos mercados, a nossa economia e os interesses do País", disse.

Motivos para otimismo

O peemedebista afirmou que há motivos para otimismo porque "os fundamentos econômicos estão todos melhorando" no Brasil, citando queda na inflação e nos juros, recuperação do emprego, exportações, indústria, comércio e agricultura.

"Para mim, o melhor é o retorno da confiança no País. Isso me alegra muito. Voltando a acreditar, o emprego vem na hora", afirmou. O presidente destacou que os indicadores se juntavam a "vários bons resultados" divulgados na semana passada, como a redução da meta de inflação de 4,5% para 4,25% em 2019 e 4% em 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo do Ceará propõe novo plano de cargos e carreiras para servidores de universidades estaduais

O Governo do Ceará realizou ação histórica para beneficiar servidores das universidades estaduais. Após reunião entre o Executivo e repre...